O necessário trabalho infantil

by - janeiro 30, 2020

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=tPlj2J0xoYc&w=560&h=315]

A Educadora Maria Montessori, em seu livro A Criança, ensina-nos que "o homem constrói-se trabalhando". Montessori nos mostra que há dois tipos de trabalho distintos: o trabalho do adulto - este que nós conhecemos -, e o trabalho da criança.

Sim, a criança tem um tipo de trabalho que lhe é próprio. O trabalho da criança é brincar, o correr, explorar os objetos e o meio em que está. Infelizmente, a evolução da sociedade urbana roubou os lugares das crianças, ou seja, quase não há espaço próprio para as crianças poderem agir livremente; pois os carros, as agitações e/ou a violência tomou de conta de tudo.

Sem poder agir livremente, muitos pais tentam suprir as necessidades infantis trancando-as em suas casas ou apartamentos, com um quarto cheio de brinquedos e/ou videogame. Porém, nem sempre isso está de acordo com as necessidades infantis. Montessori também nos ensina que "nada pode substituir o trabalho ou compensar sua falta. Nem o bem-estar, nem o afeto". Portanto, o bem-estar, a segurança, o conforto da casa, não pode suprir necessariamente as necessidades da criança.

Muitos pais podem argumentar que os filhos têm muitos brinquedos, e que é o suficiente; porém, a verdade é que boa parte dos brinquedos são comerciais, ou seja, caros e sem muita função educativa. A situação agrava-se quando notamos que os pais compram brinquedos eletrônicos que fazem tudo pela criança, onde ela torna-se apenas expectadora - isso sem contar os videogames. Cada vez mais as crianças estão presas em seus apartamentos com seus brinquedos eletrônicos, tornando-se sedentárias. É necessário que a criança se mova, corra, para seu sadio desenvolvimento. Hoje é sabido que o desenvolvimento torácico e a capacidade pulmonar, por exemplo, se desenvolve pela corrida. Em contrapartida, as crianças, hoje, estão sendo confinadas, em nome da segurança e bem-estar, em ambientes que impedem a sua corrida, trazendo sérias consequências para o seu desenvolvimento psicomotor.

Além do mais, a criança trabalha, ou seja, desenvolve-se, pelo seu agir, pelo explorar. Quando os brinquedos são apenas comerciais, os próprios pais impedem a exploração por causa do alto custo do brinquedo. Um exemplo é pai comprar um carro super caro para o filho, ou uma boneca caríssima para a filha, mas quando estas crianças saem do uso convencional e decidem explorar o objeto, acabam por quebrá-lo, e logo vem a bronca dos pais porque as crianças quebraram o brinquedo. Ora, mas o brinquedo não era para brincar?

Certa vez presenciei uma mãe que tentava ensinar o filho de dois anos a brincar com um carrinho de controle remoto. Era um daqueles carrinhos com um controle com dois botões: um para ir para frente, outro, para trás. O problema é que nessa idade a criança ainda não compreende muito bem essa função, e mais do que nas idades seguintes, ela quer explorar os brinquedos com a mão. Adivinha o que ela fez? Se agachou e pegou o carrinho com a mão. Ora, a mãe da criança, sem saber da necessidade interior da criança de explorar os objetos com a mão, deu um grito repreendendo o jeito da criança brincar. Ora, a criança com dois anos brinca assim mesmo. Mas, infelizmente, a mãe queria obrigar a criança a brincar de uma maneira convencional, que não está de acordo com as necessidades de sua idade. Em outras palavras, a criança tem a necessidade de ela mesma brincar com o brinquedo, e não um controle remoto que faz tudo por ela.

Por fim, o que nós, adultos, podemos fazer para as crianças? Podemos e devemos criar um ambiente preparado para o desenvolvimento infantil, com objetos e espaços para seu agir, seu explorar. Eu sei que você vai dizer que não pode deixar seu filho correr pelo apartamento; e, para falar a verdade, não é essa a minha intenção. Mas, por outro lado, você pode, pelo menos um dia na semana, sair com eles para algum parque, caminhar, brincar, onde as crianças poderão se desenvolver livremente - tanto fisica como cognitivamente -, além de poder interagir com outras crianças.

Então, ao terminar de ler este post, ajude sua criança a trabalhar, ou seja, a realizar as suas necessidades infantis para o seu sadio desenvolvimento.

swing-932249_960_720

You May Also Like

0 comentários