Montessori aboliu os castigos?

by - abril 01, 2020

Uma das coisas que me incomodam em educadores modernos, normalmente montessorianos, é a demonização das correções (castigos, por exemplo). Eu amo o método Montessori! Ao ler os livros de Maria Montessori eu me apaixonei pela educação infantil e vi sua importância. Porém, ao falar que no métodmaria_montessorio montessori não se usa prêmios e castigos, é necessário ter uma certa "responsabilidade intelectual", uma vez que Montessori condenava tais práticas como métodos educativos e não como último recurso.
No livro Pedagogia Científica, ao abordar as questões de prêmios e castigos, Montessori escreveu na nota de rodapé o seguinte:
"Com respeito a tudo que dissemos sobre prêmios e castigos não pretendemos depreciar-lhes o valor pedagógico fundamental que repousa na própria natureza humana, mas, unicamente, combater o erro e o abuso de transformá-los, de meios que são, em fins, em objetivos. De fato, como nos demonstra o bom senso natural, a recompensa e a punição são, precisamente, meios para indicar praticamente —- máxime aos espíritos irrefletidos ou ofuscados pela paixão — que determinada obra ou ação é boa ou má, louvável ou censurável; assim, de certo modo, são inseparáveis da obra, como o efeito da causa, visto serem conseqüências da beleza ou da fealdade moral do ato humano cm questão." (Montessori, M. Pedagogia Científica. Ed. Flamboyant, 1965. Pag. 22. Grifo meu)
Ou seja, o problema não está no castigo em si, mas na forma e no momento em que se dá o mesmo. Montessori condenava os castigos como métodos educativos; mas não o seu uso lícito como último recurso, uma vez que há um desvio de caráter.
Montessori nos ensina que é necessário fazer um ambiente favorável para a criança ser educada. Após criar este ambiente, haverá a "normalização" da criança. Porém, e se mesmo assim a criança cometer atos que colocam a vida dela mesma ou de terceiros em risco? Seria insano não usar a correção como último recurso, uma vez que estaria deixando a criança caminhando para o mal.
Se vocês estudarem o Método Montessori e colocarem ele em prática, eu afirmo que dificilmente vocês precisarão dar uma palmada nos seus filhos. Porém, nem toda criança é igual, afinal, há temperamentos diferentes, além da própria personalidade que se vai formando, enfim. Então nenhuma criança será 100% igual a outra. Talvez uma ou outra criança educada por este método precise de um pulso mais firme.
Escrevo isso aqui porque acho o método tão belo, tão necessário, mas há uma romantização quase irracional que tem afastado alguns pais deste método achando que é "invencionice" moderna.

You May Also Like

0 comentários